28 de out de 2011

Confiança

Escutando um pouco de rádio, ouvi uma história que gostaria de compartilhar com todos, além de dar meu ponto de vista é claro...

Sem mais delongas a história:


"Em uma pequena vila, isolada nas montanhas, vivia um lenhador com sua esposa. Em um dia que deveria ser especial, o dia do nascimento do seu primeiro filho, uma tragédia abate-se sobre a família. Logo após o parto, sua esposa vem a falecer.

"Dividido entre a alegria de ser pai e a tristeza de perder a esposa, e com a árdua tarefa de trabalhar e cuidar da criança, essa torna-se a vida daquele lenhador.

"Alguns meses passam, a tristeza aumenta, mas como um grande sopro de esperança, num dia como qualquer outro, uma pequena raposa entra na casa. O lenhador fica assustado a principio, e resolve expulsá-la da casa. Mas dia após dia ela retornava, e aos poucos foi ganhando a confiança do lenhador, que passou a aceitar a presença dela na casa, e a tratá-la como parte da família.

"A vizinhança não aprovava a atitude do lenhador, e diariamente o alertavam quanto a raposa, afinal, ela era uma raposa. 'Ela vai comer o teu bebê, quando sentir fome, certamente fará isso...' - eles diziam.

"Mas o lenhador nunca deu crédito para o que as pessoas diziam, nunca até aquele dia... Ah, aquele dia...

"O que tinha tudo para ser um dia como qualquer outro, não era. Ao chegar em casa, o lenhador encontra a raposa com seu sorriso de sempre, mas dessa vez com os lábios sujos de sangue. 'Sangue...' - era tudo que ela conseguia pensar. Segurou firme o machado e como se estivesse tomado por um arrependimento mortal, atacou a pequena raposa...

"Estava feito...

"Ele corre para o quarto e encontra seu filho começando a chorar, como se soubesse o que havia acontecido. E no chão próximo ao berço, totalmente ensanguentada, jazia uma serpente morta.

"Estava feito...

"Caindo em si, e realmente caindo, dobrado, de joelhos no chão, o lenhador resolve enterrar a pobre raposa, juntamente com o machado. 'Tudo por falta de CONFIANÇA' - era o pensamento que se repetia em sua cabeça..."

Quantas vezes não somos assim com as pessoas? Desconfiando... Esperando o bote dos outros...
E pior, quantas vezes não somos assim com Deus? Duvidando... Como se tivéssemos motivos pra duvidar.

Pra encerrar, uma música que diz:

"Well in brokenness I can see this is Your will for me
To help me to know that You are near..."


Bom, é isso... Aquele abraço e fiquem com Deus xD

9 de out de 2011

Viewpoint

Eaí pessoal, tudo bem?


Estava eu pensando sobre o que escrever no blog e então pensei em como minha vida tem andado, e percebi que muitas vezes tenho olhado pro que acontece comigo de um jeito que Deus não gosta, e as vezes de um jeito que agrada a Ele. Então resolvi falar sobre ponto de vista. Sobre como vemos ou passamos por algumas situações na nossa vida. Muitas coisas boas e ruins acontecem com a gente, e o motivo, Deus sabe (e estou falando sério mesmo, Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. Isaías 55:8-9).  Mas a gente pode ter dois jeitos de enfrentar ou enxergar essas situações.
            Quando estamos passando por uma situação boa, podemos permear ela com Deus, por exemplo: “Bah, cheguei no acampamento, graças a Deus. Se não fosse por Ele, nunca conseguiria” ou escondendo Deus: “Bah, que sorte, cheguei no acampamento. Se eu não fosse tão esperto, nunca conseguiria”. Percebem a diferença? Deus quer que a gente coloque Ele em todas as situações da nossa vida. Que quando a gente conte pros nossos amigos o que aconteceu, que a glória seja dEle, não nossa! Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Rm. 11:36
            E outro momento em que podemos escolher como vemos  e como agimos é quando Deus nos dá a Sua graça diariamente. Muitas vezes a gente não percebe isso. A graça dEle está nas coisas mais simples como acordar de manhã e estar vivo, ter comida nas refeições, ter um copo d’água quando tenho sede. Deus nos dá muitos presentes ao longo do dia, e, infelizmente, a maioria a gente não agradece nem dá valor. E também um enoooorme presente que Ele nos deu foi a morte de Jesus na cruz por nós. Não devemos agradecer só uma vez e deu. Isso muda a nossa vida! E a gente deve viver de acordo com isso. Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus. Ef. 2:8
            A gente pode ver uma coisa que acontece com os “olhos do mundo” também. Por exemplo, quando eu fui assaltado esses dias, logo depois fiquei pensando “Bah, que droga, o cara levou meu celular, dinheiro.. Se eu tivesse feito várias coisas alguma coisa de um jeito diferente não teria acontecido” Reclamando de tudo, perguntando pra Deus por quê comigo etc. Mas depois comecei a pensar, e percebi como Deus foi bom pra comigo, teve misericórdia e graça. O cara não levou meu laptop que estava dentro da minha mochila, não me seqüestrou, não me deu um tiro e, também, eu pude entregar um folheto evangelístico pra ele. Deus me protegeu demais nesse dia.
            A gente (eu principalmente) tem muita dificuldade de enxergar Deus nas situações, o que Ele está fazendo, e, lembrando, é Ele que vê tudo, Ele que sabe tudo, Ele que está no controle de tudo. Então não interessando o que aconteceu, tanto de bom ou ruim, Deus quer que a gente fique confiando nEle, de que aquilo tem um propósito, tem um objetivo e, principalmente, é o melhor caminho. É como a imagem que eu coloquei ali no começo: como se a gente estivesse na área com sombras, e Deus no topo da montanha, vendo até onde a sombra vai, e sabendo quão perto ela está de passar. Talvez não consigamos saber até quando vamos ficar "no escuro", mas Deus sabe, e devemos confiar nEle.
          Deus está presente e atuando em todas as situações, a gente vendo ou não. Ele é fiel mesmo quando não somos. Ele nos dá a Sua graça e misericórdia todos os dias, mesmo sem reconhecermos e/ou agradecermos. Desde o bater do nosso coração, até uma tragédia global. Ele está no controle de tudo o que acontece. 'Só' falta sermos mais atentos à isso, vivendo de maneira grata, tentando enxergar através dos "óculos dEle", o que Ele tem pra nós, sabendo que isso é o melhor.
          Quero terminar o post com um versículo e uma música:
"Em TUDO dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."  I Ts. 5:18



Eras isso, pessoal.
Abraços a todos!
Deus abençoe vocês!!

Tim
Equipe Radicais Mais Que Livres